Ligiana Costa é brasiliense, nascida em São Paulo, de mãe mineira e pai maranhense. Desde criança frequentou os teatros dançando, atuando, cantando ou como assídua figurinha do público, pois acompanhava seu pai jornalista a todos espetáculos que passavam pela cidade. Estudou canto lírico na Universidade e na Escola de Música de Brasília, se apaixonou por música barroca e foi fazer uma especialização em canto antigo em Haia, na Holanda. De lá, seguiu para a Itália e depois para a França, onde estudou musicologia e concluiu um doutorado sobre as velhas amas de leite cômicas da ópera veneziana do século XVII. Nesta época começou a cantar música brasileira na noite e, logo em seguida, descobriu o gosto pela composição. Depois de dez anos de velho mundo, Ligiana retornou ao Brasil e lançou seu primeiro disco, De amor e Mar, gravado entre São Paulo, Paris e Brasília. Com este trabalho se apresentou em palcos diversos (de Dakar à Garanhuns, da Bulgária à Brasília). Paralelamente, Ligiana se apresenta com outras formações, como o trio que forma ao lado de Carlinhos Antunes e Amoy Ribas ou com o projeto Rumos Coletivo do Itaú Cultural, que culminou em viagens pelo Brasil e um show ao lado de Gilberto Gil. Ligiana tem publicado livros ligados aos estudos musicológicos pela editora da Unesp e ministrado cursos sobre ópera e de voz pelo Brasil. A cantora assinou o programa diário matinal da rádio Cultura FM com enfoque na música clássica e cruzamentos. O último disco autoral de Ligiana é Floresta, produzido e arranjado pelo maestro Letieres Leite e gravado em Salvador. Atualmente Ligiana vem se dedicando ao seu duo de música eletrônica barroca, NU – Naked Universe, em parceria com Edson Secco. NU já circulou pelo Brasil, Estados Unidos e Europa. Para conhecer e seguir a agenda: www.nakeduniverse.net